Venda de veículos financiados cresceu 26% no 1º semestre

    [Fonte: Automotive Business]

    Análise da B3 mostra que, no total, foram financiados 2,9 milhões de unidades, entre novos e usados

    A venda de veículos por meio de financiamento no Brasil somou 2,9 milhões de unidades entre modelos novos e usados, automóveis de passeio, motos e veículos pesados, de acordo com o levantamento realizado pela B3, a Bolsa de Valores do País. Esse resultado representa aumento de 26% na comparação com o de 2020 e 597 mil exemplares a mais.

    “No primeiro semestre do ano passado, o mercado foi bastante impactado pelo início da pandemia do coronavírus e apresentou queda expressiva no número de financiamentos de veículos. Os valores atuais estão bastante próximos aos do primeiro semestre de 2019, quando também foram registrados 2,9 milhões de financiamentos”, disse Tatiana Masumoto Costa, superintendente de planejamento da B3.

    O estudo também mostra que a procura por automóveis mais velhos segue em alta. Para se ter ideia, enquanto os financiamentos de autos leves novos subiram 10,6% em relação ao primeiro semestre do ano passado, os de modelos entre 9 e 12 anos de uso tiveram alta de 52,4%, e aqueles com mais de 12 anos de uso apresentaram avanço de 78,2% nos seis primeiros meses do ano.

    Somente em junho, as compras a prazo somaram 516 mil unidades, o que indica aumento de 33,8% sobre o mesmo mês do ano passado. No segmento de motos, o crescimento foi ainda maior, já que foram registrados 87 mil financiamentos durante o mês, com aumento de 64,5% na comparação com junho de 2020, quando foram negociados 53 mil financiamentos.