Variante ômicron paralisa produção de veículos na China

    |Fonte: Automotive Business|

    Avanço da covid-19 em Tianjin levou Volkswagen e Toyota a interromper produção na cidade

    O avanço da variante ômicron na China levou parte das montadoras instaladas naquele país a fecharem suas fábricas. De acordo com o site Automotive News, Volkswagen e Toyota interromperam as atividades em Tianjin, onde ambas mantêm unidades produtivas.

    A VW fechou a fábrica que administra em conjunto com o Grupo FAW na cidade, bem como uma planta de transmissões. “Devido aos recentes surtos de covid-19, tanto a fábrica de veículos FAW-VW quanto a fábrica de componentes de transmissão automática foram fechadas desde segunda-feira”, disse um porta-voz à Reuters.

    A Toyota, por sua vez, informou que as operações em sua fábrica em Tianjin, que têm capacidade de produção anual de 620 mil veículos, também foram interrompidas desde segunda-feira, 10. “Planejamos retomar as operações assim que as instruções do governo e a segurança da comunidade local e fornecedores forem confirmadas e garantidas”, disse a fabricante em comunicado.

    Em Tianjin a Volkswagen produz o modelo Audi Q3. A Toyota produz os modelos Corolla, Izola, Vios e Allion.