Vandalismo a semáforos aumenta 47% em SP; veja onde mais ocorre

    [Fonte: Motor Show]

    Em média, 20 semáforos são danificados por dia

    Casos de furto e vandalismo a semáforos na cidade de São Paulo aumentaram 47,43% no primeiro semestre deste ano em relação ao mesmo período de 2021.

    Segundo o levantamento realizado pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), foram registradas 3.475 ocorrências de janeiro a junho de 2022. O número representa, em média, 20 semáforos danificados por dia.

    No período de janeiro a junho foram reinstalados 231 quilômetros de fiação elétrica nos equipamentos alvos de dano ao patrimônio. É a distância aproximada entre São Paulo e a cidade de Pirassununga no Interior Paulista.

    A CET afirma também que investiu, só neste ano, quase R$ 9 milhões para atender as ocorrências de semáforos defeituosos devido à ação de vândalos, repondo os principais materiais furtados.

    A companhia ressalta que o vandalismo de um controlador semafórico pode afetar o funcionamento de até cinco cruzamentos semaforizados numa mesma região.

    A área central da cidade costuma concentrar o maior número de falhas por furto ou vandalismo. Neste ano, entretanto, verifica-se um aumento significativo na zona Leste/Sudeste.

    A cidade de São Paulo tem o maior parque semafórico do País, com 6.664 cruzamentos e travessias semaforizadas. No ano passado foram 283 ocorrências de furto/vandalismo em controlador, uma média de 23/mês. Em 2022, até junho, já foram contabilizadas 213 ocorrências, uma média de 35/mês.

    Segurança

    Para minimizar as ocorrências, as equipes de manutenção fazem o alteamento e reforço nas portas dos controladores de semáforos, bem como a instalação de alarmes sonoros, a concretagem e soldagem das tampas das caixas de passagem da fiação elétrica e a soldagem das janelas de inspeção das colunas semafóricas.

    A CET também mantém conversas frequentes com a Secretaria de Segurança Pública, Polícias Civil e Militar e a GCM para a adoção de medidas que combatam esse tipo de crime tão nocivo à cidade.

    Somente em 2021, ano todo, foram registrados 32 flagrantes de furto ou vandalismo de semáforos; em 2022 até junho foram 11 flagras. Para denunciar, a população pode acionar o 190 ou 156.

    – Av. Cesar Washington A. de Proença x Av. Jaguaré
    – Av. Av. Pres. Castelo Branco nº 5.446
    – Av. Mário de Andrade x R. Prof. Abraão Berezin
    – Av. Aricanduva x Av. Ragueb Chohfi
    – R. da Consolação x Av. Ipiranga
    – Av. João Simão de Castro x Av. do Poeta
    – Av. Sen. Queiroz x Av. Mercúrio
    – R. Brigadeiro Tobias x Rua Cel. Batista da Luz
    – Av. Armando de Arruda Pereira x Av. Pedro Bueno
    – Av. do Estado x R. São Caetano
    – Av. do Estado x Av. Mercúrio
    – Av. Francisco Matarazzo x R. Lincoln Albuquerque
    – R. Dona Germaine Burchard x Rua Tagipuru
    – Av. Guarapiranga X Av. Atlântica

    Vias na cidade recordistas de furtos e vandalismo no período de janeiro a junho 2022:

    – Av. Marechal Tito
    – Av. Ragueb Chohfi
    – Estrada do Imperador
    – Av. do Estado
    – Av. São Miguel
    – Av. Gov. Carvalho Pinto/Av. Calim Eid
    – R. Brig. Tobias
    – Av. Líder
    – R. Victorio Santim
    – R. Teixeira Leite
    – Av. Dr. Assis Ribeiro
    – Av. Br de Alagoas
    – Av. Calim Eid
    – Av. dos Metalúrgicos
    – Av. Sapopemba
    – Av. Rio Branco
    – Av. Jabaquara
    – Av. Itaquera
    – R. da Consolação
    – Av. Celso Garcia
    – Av. Carlos de Campos