Stellantis já vendeu 249 mil carros na América do Sul

    |Fonte: Terra|

    Confira o desempenho das sete marcas da supermontadora Stellantis na América do Sul: Fiat, Jeep, Peugeot, Citroën, Ram, Opel e DS

    A Stellantis apresenta números impressionantes no mercado sul-americano de automóveis de passeio e comerciais leves. A supermontadora – que reúne diversas marcas da Europa e dos Estados Unidos – já vendeu um total de 249 mil carros na América do Sul no primeiro trimestre. Para liderar o mercado, a Stellantis têm priorizado a oferta de semicondutores na América do Sul, especialmente o Brasil, reduzindo a produção na Europa.

    Com mais semicondutores do que o Grupo VW (Audi, Porsche e Volkswagen) e a GM (Chevrolet), a Stellantis tem conseguido fazer um rodízio de produção entre todos os seus modelos, de maneira que todos os segmentos de suas sete marcas (Fiat, Jeep, Peugeot, Citroën, Ram, Opel e DS) tenham a demanda razoavelmente atendida, embora com prazos mais largos de entrega. Assim, a Stellantis fechou o primeiro quadrimestre com 23,5% de participação nas vendas sul-americanas.

    De janeiro a abril, a Stellantis comercializou 173,6 mil veículos no Brasil (33,8% do mercado), 47,4 mil unidades na Argentina (36,4%) e 16,9 mil veículos no Chile (11,4%). A Fiat é a marca número 1 na América do Sul, com 140 mil unidades vendidas e 13,2% de participação. Dentro da Stellantis, o segundo destaque é a Jeep, que alcançou 48,6 mil unidades (4,6% de market share), seguida da Peugeot (37 mil veículos e 3,5%), Citroën (16,6 mil e 1,6%), Ram (4,4 mil e 0,4%), Opel (1,6 mil) e DS (472 carros vendidos).

    Mercado brasileiro

    No Brasil, a Fiat liderou o quadrimestre com 113,5 mil emplacamentos e 22,1%. Com ótimas vendas das picapes Strada e Toro e bons desempenhos do Argo, Mobi e Pulse,  além do furgão Fiorino, a Fiat lidera o mercado brasileiro há 16 meses consecutivos. A marca italiana tem quatro carros entre os 10 mais vendidos: Strada, Mobi, Toro e Argo.

    A Jeep superou a Volkswagen em abril e já emplacou 41 mil unidades no ano, alcançando 8% de market share. Este ano a marca especializada em SUVs ganhou 1,2 ponto percentual em relação ao mesmo período de 2021 O Jeep Compass, com mais de 19 mil matrículas, está entre os 10 carros mais vendidos no Brasil.

    A Peugeot tem números bem mais modestos (12,2 mil em 2022), mas seu crescimento é forte: 96%. É a marca que mais cresce no Brasil. O destaque é o hatch 208, cujas vendas subiram 155%. A Peugeot tem 2,4% de participação. Outra marca francesa, a Citroën, ganhou 1,2 ponto percentual e soma 6,3 mil vendas este ano, graças ao crescimento de 50% nos emplacamentos do C4 Cactus..

    Mercado argentino

    Na Argentina, a Stellantis lidera com mais de 47 mil unidades vendidas entre janeiro e abril (36,3%). Também no mercado argentino o destaque é o desempenho da Fiat, com 22 mil vendas 17,5% de participação. Peugeot (14 mil e 10,8%), Citroën (5,6 mil e 4,4%) e Jeep (4 mil e 3,1%), Ram (451 vendas) e DS (296) são as outras marcas da Stellantis na Argentina.

    O Fiat Cronos continua a ser o automóvel líder de vendas, com mais de 17,3 mil unidades emplacadas, seguido no pódio pelo Peugeot 208, que soma 9,4 mil unidades vendidas.

    Mercado chileno

    A Stellantis segue à frente do mercado chileno, com 16,9 mil unidades vendidas desde janeiro (11,4% de participação). A marca mais relevante da empresa é a Peugeot, com 7,7 mil unidades vendidas (5,18%), seguida pela Citroën (2,9 mil veículos), Ram ( 2,5 mil), Jeep e Opel, com 1,6 mil unidades cada. Seguem a Fiat, com 439, e DS, no segmento premium, com 137 veículos vendidos.