Preço do GNV aumenta e motoristas do Sudeste pagam mais caro

    |Fonte: Motor Show| 

    Em Minas Gerais, o valor médio do combustível aumentou 25%

    Agosto fechou com o preço médio do gás natural veicular (GNV) a R$ 5,33 para os motoristas da região Sudeste – o valor é 19% mais caro quando comparado ao mês de janeiro que estava R$ 4,49. Além disso, o preço está acima da média nacional, que fechou o oitavo mês do ano a R$ 5,13.

    Os dados fazem parte de um levantamento do Índice de Preços Ticket Log (IPTL), que teve como objetivo analisar as variações no preço do gás natural veicular (GNV) na região Sudeste em 2022.

    Análise por Estado

    Em Minas Gerais, o valor médio do combustível passou de R$ 4,42 em janeiro para R$ 5,53 em agosto, um acréscimo de 25%. Trata-se da alta mais expressiva registrada na região Sudeste no período.

    Os demais Estados também registraram acréscimos para o GNV, no comparativo com janeiro: em São Paulo, o valor de R$ 4,56 passou para R$ 5,47, uma alta de 20%; no Espírito, o preço do combustível fechou agosto a R$ 5,26, alta de 15%; e no Rio de Janeiro, o GNV fechou o mês a R$ 5,05, com acréscimo de 14% em relação a janeiro.

    “Apesar das expressivas reduções acumuladas em julho e agosto no preço médio da gasolina e etanol, quando comparados com GNV, esses combustíveis iniciaram setembro com o preço médio mais barato para os motoristas da região Sudeste, a R$ 5,59 a gasolina e R$ 4,43 o etanol”, destaca Douglas Pina, Diretor-Geral de Mainstream da Divisão de Frota e Mobilidade da Edenred Brasil, em nota divulgada.

    Preço da gasolina

    Vale destacar que o preço médio do litro da gasolina comum no Brasil chegou a R$ 5,04, durante a semana de 4 a 10 de setembro – o valor representa uma queda de 2,5% ante a semana anterior, quando era de R$ 5,17. O levantamento foi divulgado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).