Peugeot e Citroën iniciam produção da base CMP no Brasil

    [Fonte: ICarros]

    Plataforma modular usada em Opel Corsa, Peugeot 208 e novo Citroën C4 começa a ser feita no Brasil

    Com objetivo de fazer com que Peugeot e Citroën detenham juntas 5% do mercado até 2023, a PSA está investindo forte na renovação das duas marcas no Brasil. Prova disso é que além da nova geração dos Peugeot 208 e 2008 produzidos na Argentina, o grupo francês fará também modelos com plataforma CMP no Brasil.

    Fruto de um investimento de R$ 220 milhões, a fábrica de Porto Real (Rio de Janeiro) já produziu a primeira unidade da plataforma modular CMP por aqui. Ainda não há confirmação de qual será o modelo fabricado aqui, mas especula-se que se trata do sucessor do Citroën C3 que já está há sete anos sem mudanças.

    “Por ser uma plataforma muito moderna e altamente flexível, a CMP abre uma série de possibilidades para a nossa produção na América Latina. Já da variante da plataforma implantada em Porto Real, serão lançados outros produtos inéditos”, afirmou Patrice Lucas, Presidente Brasil e América Latina e membro do Comitê Executivo do Groupe PSA.

    Atualmente a plataforma CMP é usada pelo grupo PSA para os compactos Peugeot 208 e 2008, DS 3 Crossback, Opel Corsa e no médio recém-lançado Citroën C4. A plataforma também será usada pela Fiat, Jeep e Alfa Romeo quando foi concluído o casamento FCA e PSA.

    “Os produtos fabricados em Porto Real e em Palomar tendo como base a CMP serão complementares e distintos, sendo que cada unidade continuará tendo sua importância na produção para os mercados locais e para exportação”, completou.