Pesquisa de restrições de veículos cresce 70%; saiba como fazer

    |Fonte: Motor Show|

    Em 2021, foram mais de 500 mil acessos

    Um levantamento do Detran-SP revelou que os acessos aos serviços de pesquisas de restrições, roubos e furtos de veículos cresceram 70% na comparação dos anos de 2020 e 2021.

    Foram 474.734 acessos pelo aplicativo e 43.566.196 no portal do departamento no ano passado. Em 2020, foram 239.218 acessos pelo app e 25.646.946 pelo portal.

    As pesquisas podem ser feitas de forma gratuita por aquele cidadão, por exemplo, que está interessado em adquirir um veículo, mas antes de concluir o negócio quer se certificar de que não há nenhuma restrição criminal.

    Como pesquisar? Veja o passo a passo

    O primeiro passo é acessar o portal do Detran-SP ou o aplicativo do departamento (pelo sistema Android ou iOS).

    App

    Pelo app, não é necessário realizar login. Na tela inicial, basta clicar em “Outros veículos’ e já aparece o campo para preenchimento da placa que será consultada.

    Foto: Divulgação

    Portal

    No portal, o acesso é feito pela área restrita. O cidadão clica em “Veículos” e na sequência em “Acesse o serviço”, na aba de “Pesquisa de débitos e restrições”. Em seguida, será preciso criar um cadastro, com a inserção de dados pessoais, ou acessar por uma conta do Gmail ou Facebook.

    Depois, basta inserir a placa do veículo. Como resultado, aparecerá se o veículo é regular ou não. Além dessa verificação de crime, aparecem informações como ano de fabricação, cor, marca e ano do modelo. A data e horário da consulta ficam evidentes na parte inferior da pesquisa, sendo possível a impressão da mesma.

    Foto: Divulgação

    Demais débitos e restrições

    Pelo aplicativo e portal também é possível realizar a consulta de débitos e restrições administrativas de veículos. Para essa pesquisa é preciso inserir, além da placa, o número do Renavam do referido veículo.

    Como resultado, aparece uma lista de possíveis dívidas como IPVA, multas, restrições administrativa, tributária, judiciária, financeira e por veículo guinchado.

    Nessa segunda pesquisa, aparecem ainda restrições por bloqueio de roubo/furto, status de licenciamento e inspeção veicular. Ao final da página, há algumas orientações para pagamento dos possíveis débitos.

    Foto: Divulgação