Novo Jeep de sete lugares poderá ter motor diesel com até 200 cavalos

    [Fonte: Notícias Automotivas]

    O próximo lançamento de produto novo da Jeep terá mais que apenas um tamanho maior, de acordo com a revista Autocar Índia. A publicação anglo-indiana aponta que o novo SUV de sete lugares será mais potente que o Compass.

    Mas, isto não ocorrerá com o motor Firefly 1.3 Turbo, que é esperado alimentar a versão flex do modelo com 180 cavalos e 27,5 kgfm, assim como também para o Jeep Compass, dando a ele um diferencial em relação ao Renegade Turbo.

    No SUV de sete assentos é o motor diesel Multijet II, que entregará em torno de 200 cavalos. O atual com 2.0 litros é usado nos Compass e Renegade.

    Isso daria ao novo produto mais destaque em relação aos irmãos menores, com os quais, compartilha a plataforma. Entregar isso ao novo carro não seria um problema para a Fiat Powertrain Technologies, uma vez que o Multijet 2.0 tem versões mais potentes na Europa, certo? Não exatamente.

    Fruto da conhecida família JTD, o Multijet II teve um desenvolvimento em separado, feito pela GM Powertrain após a cisão com a Fiat. Nesse caso, o Opel Insignia AWD, por exemplo, chega a ter 210 cavalos e 48,8 kgfm. Até seu equivalente de 170 cavalos tem mais torque que o da FCA: 40,6 kgfm.

    Na Fiat Chrysler, o Multijet II 2.0 alcança somente o que você conhece a bordo da dupla da Jeep no Brasil, ou seja, 170 cavalos e 35,7 kgfm. Para as pretensões do novo Jeep, talvez a potência em torno de 200 cavalos seja suficiente.

    Então, sem um acordo com a GM, a única opção para o novo SUV é usar outro Multijet II, nesse caso, o 2.2 litros existente em alguns produtos do grupo, como no Alfa Romeo Giulia e no Stelvio. Na Jeep, ele não é um estranho, sendo utilizado nos modelos Wrangler e Cherokee.

    Normalmente ele entrega de 185 a 210 cavalos, mas a calibração de 200 cavalos tem 44,5 kgfm, que é mais que suficiente para um SUV médio andar com desenvoltura. Então, esse Multijet 2.2 pode ser uma opção interessante até para a futura RAM Dakota ou mesmo a Peugeot Landtrek uruguaia.