Novas baterias para carros elétricos têm carga rápida de 5 min

    [Fonte: Garagem 360]

    A Enovix Corporation anunciou, na última semana, que suas baterias de íon de lítio 3D Silicon de próxima geração para carros e veículos elétricos (EVs) poderão ser recarregadas de 0 a 80% de sua capacidade em apenas 5,2 minutos. O tempo para atingir um nível de carga superior a 98% seria de menos de 10 minutos.

    “A capacidade de carregamento rápido pode acelerar a adoção em massa de EVs”, prevê Harrold Rust, cofundador, CEO e presidente da Enovix. 

    “Os fabricantes de veículos elétricos estão em busca de baterias que suportem uma maior autonomia, enquanto os setores público e privado trabalham para aumentar o acesso dos motoristas de veículos elétricos a carregadores rápidos”, afirma.

    “Estamos orgulhosos de poder dar suporte a esses objetivos, ajudando a eletrificar a indústria automotiva com a demonstração de que nossas baterias são uma grande opção para alimentar EVs de longo alcance com carregamento rápido”.

    Nova bateria da Enovix tem recarga completa em 10 minutos (Foto: Divulgação/Enovix)

    No próximo dia 14 de junho, Ashok Lahiri, cofundador e diretor de Tecnologia da Enovix, falará na 12ª Conferência Internacional de Baterias Automotivas Avançadas (AABC) Europa em Mainz, na Alemanha. Sua apresentação intitulada “Baterias de íon de lítio de ânodo de silício para aplicação em EVs”, fornecerá uma atualização sobre o programa EV da empresa.

    “Nossa arquitetura exclusiva permite uma bateria que não apenas carrega em menos de 10 minutos, mas também mantém um alto ciclo de vida”, afirma Lahiri. “Podemos melhorar o desempenho da bateria hoje usando as mesmas químicas, mas, mais importante, podemos acelerar o desenvolvimento do setor”.

    A empresa anunciou recentemente que suas células de bateria ultrapassaram 1.000 ciclos mantendo 93% de sua capacidade. Os testes também demonstraram que, após seis meses em temperaturas elevadas, as baterias Enovix tiveram perda mínima de capacidade. Dessa forma, a empresa está projetando uma vida útil de mais de 10 anos para as baterias para carros elétricos.

    Entenda como funciona a blindagem de carros híbridos e elétricos
    elétricos / Ilustrativa (Foto: Divulgação)

    A corrida por baterias mais eficientes para carros elétricos

    A busca por baterias que suportem veículos elétricos com maior autonomia e que possam ser recarregados com maior rapidez desencadeou uma competitiva corrida entre as principais montadoras do planeta. Novas tecnologias para esse componente fundamental dos EVs são perseguidas obsessivamente pela indústria.

    Há cerca de um mês, a Stellantis e a Samsung SDI anunciaram acordo para estabelecer uma nova planta para a fabricação de baterias de de íons de lítio de última geração em Kokomo, no Estado de Indiana (EUA).

    A fábrica que irá fornecer células para veículos elétricos das marcas do portfólio da Stellantis – Fiat, Jeep, Chrysler, Citroën, entre muitas outras – deve ter as operações iniciadas no primeiro trimestre de 2025.

    No mês de abril, a Nissan revelou um protótipo de instalações para produção de células laminadas para bateria de estado totalmente sólido (solid state battery), que a empresa pretende lançar no mercado em 2028.

    Na avaliação da empresa, as baterias solid state podem ter um preço reduzido para 75 dólares por kWh no ano de 2028 e posteriormente para 65 dólares por kWh, fazendo com que os veículos elétricos estejam no mesmo nível de custos dos veículos movidos à gasolina.

    Por sua vez, a Mercedes-Benz está investindo na tecnologia de ânodo de silício para a alimentação de seus futuros modelos elétricos. O inovador material é capaz de multiplicar a capacidade de armazenamento de energia em até 10 vezes.

    Caso tudo ocorra conforme o planejado, o primeiro carro a receber a nova bateria será o futuro modelo Classe G elétrico, com lançamento programado para meados da atual década.