Mini-Jeep: Novos rumores sobre o SUV elétrico abaixo do Renegade

    [Fonte: Insideev’s]

    A nova plataforma STLA Small com tração nas quatro rodas pode servir de base ao caçula da Jeep

    Rumores de um SUV compacto abaixo do Renegade continuam surgindo. E com razão, afinal, o CEO da Jeep, Christian Meunier, disse em uma entrevista ao Motor1 Alemanha em maio: “Acho que posso confirmar que ele está chegando.” Agora, há novos rumores sobre a plataforma do veículo que a AutoExpress relatou pela primeira vez.

    Quando questionado se a Jeep poderia expandir sua gama para incluir modelos abaixo do Renegade e acima do Wagoneer, o chefe de design da Jeep, Mark Allen, disse: “Com certeza – estamos olhando para além desses projetos. O Renegade pertence ao segmento B, então obviamente há espaço embaixo e isso é algo que estamos olhando. Mas provavelmente não estamos olhando para nada maior do que o Wagoneer – ele é um monstro!”

    Esta resposta de Meunier sugere um modelo compacto (segmento A). A projeção da AutoExpress é realista, o que dá ao futuro Jeep uma semelhança com o Suzuki Jimny. Mas o Renegade também não se parece com um veículo do segmento B, e sim com um SUV compacto. Você também pode colocar um grande carroceria em uma plataforma menor. Sobre isso, a projeção Motor1 (acima), mostra que um veículo maior também ‘pode caber’.

    Stellantis EV Dia 2021

    Allen não quis comentar sobre o surgimento do ‘Mini-Jeep’, mas confirmou que os novos modelos são sempre baseados no primeiro Jeep – provavelmente se referindo ao Jeep Willys. A novidade terá a grade frontal com sete divisões, rodas com design angular e balanços curtos.

    E a base técnica? Atualmente, a plataforma CMP da Stellantis, na qual o Peugeot e-2008 e o Opel Mokka-e também são baseados, seria uma boa escolha. Mas, de acordo com o que se sabe, a CMP não comporta tração nas quatro rodas – algo que está intimamente ligado à identidade da marca. Se a Jeep não quer sacrificar isso, precisa escolher outra base.

    Uma nova versão da CMP foi anunciada para o final de 2022, mas novamente há dúvidas que a tração integral esteja disponível. É mais provável que o novo modelo se baseie na plataforma STLA Small. Entretanto, esta plataforma para carros compactos não está programada para chegar ao mercado antes de 2026, como a última das três plataformas STLA.

    Stellantis EV Dia 2021

    Não se sabe se ele comporta tração nas quatro rodas, mas isso provavelmente seria uma boa solução para o projeto da Jeep. De acordo com informações do Stellantis EV Day, a plataforma deveria comportar baterias entre 37 e 82 kWh, o que tornaria possível autonomia de até 500 quilômetros, significativamente mais do que os modelos CMP atuais, que estão na faixa de 320 km com uma única carga. A potência do motor, no entanto, é limitada em apenas 70 kW (95 cv).

    A alternativa seria um SUV compacto baseado na segunda geração da CMP. A vantagem seria as sinergias com os veículos CMP atuais, e o caçula da Jeep poderia ser lançado já em 2022. Desvantagem: não teria tração nas quatro rodas. Um SUV compacto urbano não precisa de tração integral, mas isso seria ruim para a imagem de marca. Mas como Carlos Tavares trouxe a Opel de volta aos trilhos – ele substituiu o Opel Corsa quase completamente desenvolvido por um modelo baseado na CMP – estamos confiantes de que ele tem habilidade para mudar velhos hábitos a qualquer momento.