Flagra: Picape Peugeot Landtrek é vista no Brasil em versão mais equipada

    |Fonte: Motor 1 |

    Na última sexta-feira publicamos um flagra da nova Peugeot Landtrek rodando em testes nos arredores de Buenos Aires, na Argentina. E na mesma semana a nova picape média francesa foi flagrada aqui no Brasil, com imagens mais nítidas onde podemos visualizar mais detalhes da novidade, que tem previsão de desembarcar em terras tupiniquins agora no segundo semestre.

    O registro da Peugeot Landtrek foi feito na cidade de Barbacena, em Minas Gerais, e enviadas pelo leitor Romulo Junior. A boa notícia é que o flagra foi feito com a picape parada, o que nos permite visualizar alguns detalhes. Em comparação ao último flagra, essa Landtrek aparenta ser de uma configuração topo de linha por conta de alguns itens a mais, à exemplo dos faróis com projetores e as luzes diurnas de LED na base do conjunto óptico, bem como os retrovisores e maçanetas com acabamento cromado.

    A picape das imagens também se diferencia do modelo do último flagra por conta das barras de teto pintadas de prata e os estribos laterais na mesma tonalidade, enquanto a proteção inferior do para-choque dianteiro (skid plate) é idêntico ao usado na caminhonete vista na Argentina. O para-choque traseiro é cromado assim como nicho de abertura da tampa da caçamba, que não traz qualquer tipo de proteção, deixando a lataria à mostra.

    Um olhar mais atento nesta unidade branca revela alguns equipamentos que julgamos ser de uma configuração mais cara. Os sensores de estacionamento na dianteira e traseira ficam mais fáceis de perceber, mas basta dar uma ampliada na imagem na região dos retrovisores para ver que a picape tem câmeras, assim como na maçaneta da tampa da caçamba, o que revela que a picape virá mesmo equipada com sistema de câmeras com visão 360 graus. Repare ainda no para-brisa e você verá um recorte preto na parte central, que nada mais é do que a câmera do sistema de alerta de saída de faixa, que estará presente na picape ao menos nas versões mais caras.

    Debaixo do capô a Landtrek conta com duas opções no mercado global: 2.4 turbo a gasolina com 210 cv e 32,6 kgfm, além do 1.9 turbodiesel de 150 cv e 35,7 kgfm. Ambos podem trabalhar com uma transmissão manual ou automática, sempre de 6 marchas, enquanto a tração pode ser 4×2 ou 4×4. Existem versões com cabine simples, dupla e chassi-cabine, mas para o mercado brasileiro é esperado apenas as versões cabine dupla mais completas.

    Mas esqueça essas duas opções de motores, já que a própria Peugeot Argentina descartou a possibilidade de ser oferecido por aqui. No lugar dos propulsores 2.4 turbo a gasolina e 1.9 diesel, a picape que será montada no Uruguai será equipada com um motor turbodiesel com potência esperada entre 180 cv e 200 cv, sobretudo para atender o público de picapes médias do Brasil e Argentina, que está acostumado a picapes como Chevrolet S10, Toyota Hilux e Ford Ranger, que contam com essa faixa de potência.

    O novo motor turbodiesel para atender o Brasil e Argentina ainda não foi revelado, mas não estranhe se a nova Peugeot Landtrek vier com o mesmo motor 2.0 BlueHDI turbodiesel do furgão Boxer, que rende 130 cv e 34,7 kgfm de torque, mas que na picape deverá vir na calibração BlueHDI 180, que entrega seus 180 cv de potência e 40,8 kgfm. A transmissão esperada é a Aisin automática de seis marchas, sempre com tração 4×4.

    A picape Landtrek foi criada em conjunto pela Peugeot e a Changan, sua parceira na China, que já produz e vende essa picape há alguns anos com outro nome: Kaicheng F70. A maior diferença entre os dois modelos está no logo usado, pois todos os motores, equipamentos e detalhes visuais são idênticos.