Detran-SP colocará rótulos em bebidas alcoólicas para alertar motoristas

    [Fonte: Estado de São Paulo]

    Campanha do Detran-SP começa nesta sexta (17) e abre a Semana Nacional de Trânsito, que terá várias ações para conscientização dos condutores

    Desde que o uso do bafômetro se difundiu no Brasil, os policiais costumam ouvir algumas desculpas esfarrapadas de motoristas flagrados no teste que detecta a ingestão de alcoólicos. Frases como “engoli enxaguante bucal” e “comi um bombom de licor” se tornaram clássicos. E o Detran-SP vai usar essas justificativas toscas em uma campanha de conscientização.

    Entre os dias 18 e 25 de setembro, acontece a Semana Nacional de Trânsito. E o Detran fará ações em todo o Brasil. Afinal, os altos índices de acidentes e mortes envolvendo o consumo de álcool preocupam. Só entre janeiro de 2019 e julho de 2021, o Estado de São Paulo registrou 12.470 acidentes e 892 óbitos de condutores com suspeita de embriaguez. Deste total, 378 mortes, ou 42,3% dos óbitos, aconteceram nos finais de semana, durante a noite. Ou seja, há uma relação direta de direção e consumo de álcool. Os dados são do Infosiga.

    Por isso, o Detran-SP retoma, a partir desta sexta-feira (17), a Operação Direção Segura Integrada (ODSI). Esta ação integra equipes do Detran-SP e das Polícias Militar, Civil e Técnico-Científica.

    Dirigir sob a influência de álcool e recusar-se a soprar o bafômetro são infrações gravíssimas, e constam nos artigos 165 e 165-A do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A pena rende multa de R$ 2.934,70. Em casos de reincidência no período de 12 meses, o valor dobra. Ou seja, sobe para R$ 5.869,40. E tem a cassação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

    Rótulos Indesculpáveis e Boneco no Boteco

    A primeira campanha educativa do Detran-SP será nesta sexta-feira (17), às 21h30, no Bar do Léo. O estabelecimento fica na Rua Aspicuelta, 578, no bairro Vila Madalena, zona Oeste da capital paulista. Lá, os visitantes encontrarão dummies (bonecos usados em testes de colisão), bem como rótulos diferentes em garrafas de bebidas alcoólicas.

    Detran
    Detran-SP/Divulgação

    Chamados de “Rótulos Indesculpáveis”, eles estamparão, portanto, as “desculpas esfarrapadas” dadas na hora do teste do bafômetro. Já a ação “Boneco no Boteco” colocará dummies posicionados às mesas, como se estivessem bebendo. Ao lado de cada um deles haverá um totem com a mensagem: “Você não é boneco de teste de colisão para misturar bebida e direção”. Dessa forma, o Detran-SP espera impactar os motoristas.

    O diretor-presidente do Detran-SP, Neto Mascellani, lembra que “quem dirige após ingerir bebida alcoólica coloca em risco a vida não apenas do motorista, mas dos passageiros e das pessoas à sua volta”. Segundo ele, a bebida faz o condutor perder reflexo, campo de visão e reação, além de tomar decisões imprudentes. “Se beber, nunca dirija”, enfatiza.