10 picapes que podem chegar ao Brasil nos próximos anos

    |Fonte: Terra|

    Adiantamos 10 novidades que as montadoras preparam – algumas delas já confirmadas – no segmento de picapes no Brasil para os próximos anos

    O segmento de picapes está em alta no Brasil. Junto com a categoria de SUVs, essa fatia do mercado concentra grande parte das novidades para o setor automotivo nos próximos anos. Além de serem procuradas para uso profissional – sobretudo no agronegócio e para o transporte de mercadorias – elas também têm conquistado cada vez mais a atenção do consumidor urbano, se tornando veículos aspiracionais.

    Em 2021, pela primeira vez uma picape se tornou líder de mercado no Brasil: lançada em 2020, a atual geração da Fiat Strada emplacou 109.107 unidades no ano passado – quase 23 mil unidades a mais do que o segundo colocado, o Hyundai HB20. Além da picape compacta, outro destaque foi a Fiat Toro, que vendeu 70.890 unidades em 2022. Já na categoria de picapes médias, a Toyota Hilux liderou com 45.893 emplacamentos.

    Mas a vida das três picapes pode ficar mais complicada nos próximos anos. Isso porque as montadoras preparam uma série de novidades para esse segmento pelo menos até 2024. Dentre os modelos já confirmados e outros ainda em estudos, confira 10 picapes que podem chegar ao Brasil nos próximos 3 anos:

    Chevrolet Montana

    Já flagrada em testes no Brasil, a nova Chevrolet Montana não será uma anti-Fiat Toro. Derivada do SUV Tracker, a nova picape da montadora americana terá porte semelhante ao da Renault Duster Oroch, sendo um pouco menor do que a Toro. Por fora, a nova Montana deve trazer faróis bipartidos integrados à grade dianteira. Na traseira, a picape terá uma leve inclinação na coluna “C” e lanternas de formato quadrado.

    A nova picape da Chevrolet será oferecida apenas com cabine dupla. Sob o capô, a picape deve contar com o motor 1.2 turbo de 133 cv. Outra opção seria o novo motor 1.5 turbo de 184 cv de potência e 250 Nm de torque que estreou no Tracker RS chinês. A nova Montana pode ser revelada já no segundo semestre deste ano, mas só chegará às concessionárias em 2023, provavelmente no início do ano.

    Nova Chevrolet Montana chega em 2023

    Great Wall Poer

    Antes de produzir carros no Brasil, a Great Wall pode oferecer o modelo Poer no país já em 2023. Inicialmente importada, a picape média com capacidade de carga superior a 1 tonelada (1.050 kg) deve ser a principal aposta da montadora chinesa no mercado brasileiro, uma vez que o segmento é um dos mais aquecidos do país. Por isso, a Poer apostará numa lista de equipamentos recheada, que deve oferecer tecnologias de condução semi autônoma e uma central multimídia de 9’’.

    Na China, a Poer conta com três opções de motorização. A primeira delas é um 2.0 turbo a gasolina de 190 cv e 360 Nm. A outra é um 2.0 turbo diesel de 163 cv e 400 Nm de torque. Há ainda uma versão elétrica de 200 cv, que oferece 405 km de alcance. Sempre com um câmbio automático de 8 marchas, a picape pode ter tração dianteira ou 4×4, dependendo da versão. No Brasil, a Great Wall Poer terá oponentes de peso, como a Chevrolet S10 e a Toyota Hilux.

    Picape média chinesa Poer será vendida no Brasil em 2023

    Ford F-150

    Depois de muita expectativa, a Ford confirmou que trará a picape F-150 ao mercado brasileiro em 2023. O anúncio foi feito em abril, durante a abertura da Agrishow. Cogitada desde 2020 no país, a Ford F-150 é a picape mais vendida do mundo, e será concorrente da Ram 1500 Rebel no Brasil. Por enquanto, a Ford ainda não confirmou quais versões da F-150 chegarão ao Brasil.

    Assim como na Argentina, a picape pode chegar ao Brasil com duas opções de motor: um motor 5.0 V8 a gasolina de 406 cv e 556 Nm de torque; ou um 3.5 V6 híbrido de 400 cv e 667 Nm de torque. Em ambos os casos, a tração é 4×4 e o câmbio o mesmo automático de 10 marchas utilizado pelo Ford Mustang. Nos próximos meses, a Ford deve divulgar mais detalhes da F-150 destinada ao Brasil, que deve ter valores em torno de R$ 460 mil.

    Ford F-150 será concorrente da Ram 1500 Rebel no Brasil

    Ford Ranger

    Revelada no fim de 2021, a nova geração da Ford Ranger chegará ao Brasil em 2023. Com design inspirado na irmã maior F-150, a nova Ranger aposta em um design de linhas mais retas, e tem como destaque os faróis com assinatura visual de led em formato de “C”. Na traseira, a nova picape conta com novas lanternas de led com elementos internos com efeito tridimensional.

    Por dentro, o destaque fica para a nova central multimídia vertical de até 12’’. Sob o capô, a nova Ranger deve chegar ao Brasil com duas opções de motor, ambas turbodiesel. As versões de entrada serão equipadas com um 2.0 biturbo de 210 cv, enquanto as opções topo de linha terão um 3.0 V6 de 250 cv, sempre com câmbio automático de 10 marchas e tração 4×4. Assim como o modelo atual, a nova picape será produzida na Argentina.

    Nova geração da Ford Ranger chegará ao Brasil em 2023

    Jeep Gladiator

    Depois de anos de espera, a Jeep finalmente vai vender a picape Gladiator no Brasil. A montadora americana confirmou no início deste mês a chegada da picape, que será lançada no Brasil ainda em 2022. Já flagrada em testes no país, a picape derivada do Jeep Wrangler terá teto e portas removíveis, além de um para-brisa rebatível, além de uma câmera frontal off-road.

    Por fora, a Jeep Gladiator se destaca pelo visual de linhas retas e robustas, assim como o modelo Wrangler. Medindo 5,53 m de comprimento e com capacidade de carga para 770 kg, a Jeep Gladiator deve chegar ao Brasil na versão Rubicon, com um motor V6 3.6 a gasolina de 285 cv associado a um câmbio automático de 8 marchas, sempre com tração 4×4 com reduzida. Os preços devem ficar em torno de R$ 450 mil, próximo aos valores cobrados pelo Wrangler Rubicon topo de linha.

    Jeep Gladiator será lançada no Brasil ainda em 2022

    Peugeot Landtrek

    A nova picape Peugeot Landtrek deve chegar ao mercado brasileiro no segundo semestre deste ano. Desenvolvida em parceria com a chinesa Changan, a picape média da Peugeot será produzida no Uruguai pela Nordex, o que livra o modelo das taxas de importação para mercados fora do Mercosul e México. A Peugeot Landtrek será concorrente da Toyota Hilux e Chevrolet S10.

    De acordo com o site Autos Segredos, a Landtrek vendida no Brasil deve contar com um motor 2.0 turbodiesel de 180 cv e 400 Nm de torque sob o capô. Ele será sempre associado a um câmbio automático de 6 marchas. Com tração 4×4, a nova picape média da Peugeot deve ser vendida em versão única com um pacote recheado de equipamentos. A ideia é que a Landtrek possa ajudar a marca francesa a crescer em vendas no Brasil e na Argentina, sobretudo no aquecido segmento de picapes.

    Peugeot Landtrek chega no segundo semestre de 2022

    Ram 1500 Classic

    Já flagrada em testes no Brasil, a Ram 1500 pode ser o próximo lançamento da montadora americana no mercado brasileiro. De acordo com o site Autos Segredos, a nova Ram 1500 Classic será a picape de entrada da marca no país. Ela deve chegar ao mercado importada do México ainda em 2022, em pelo menos duas versões de apelo distinto: a opção Laramie, que oferece visual e acabamento mais requintados, e a R/T, de perfil esportivo.

    Oficialmente, a Ram nega o lançamento da 1500 Classic no Brasil. No entanto, o site mineiro indica que a picape terá no Brasil o motor V8 mais barato do mercado. Trata-se de um Hemi V8 5.7 de 395 cv de potência e 548 Nm de torque, sempre com tração 4×4 e associado a um câmbio automático ZF de 8 marchas. Medindo 5,81 m de comprimento, a Ram 1500 Classic tem capacidade de carga para 554 kg, podendo ainda rebocar até 4.499 kg.

    Ram 1500 Classic pode chegar ao Brasil com motor V8

    Ram 1200

    Dentro de dois ou três anos a Ram terá uma picape nacional rodando no Brasil. Trata-se da Ram 1200, uma picape de porte intermediário entre a Ford Maverick e a Ranger. Baseada na Fiat Toro, da qual herdará a plataforma e a carroceria monobloco, a inédita Ram 1200 terá no mínimo o mesmo tamanho da Ford Maverick, possivelmente um pouco mais, porém não será tão grande quanto a Ford Ranger.

    A futura Ram 1200 será produzida na fábrica da Stellantis em Goiana (PE), e deve chegar ao mercado entre 2024 e 2025. Sob o capô, rumores indicam que a Ram 1200 pode ter versões equipadas com o motor 2.0 Tiger Shark turbo flex e um 2.2 Multijet II turbodiesel de 203 cv, sempre com câmbio automático de 9 marchas e tração 4×4. É possível que ela mantenha os 937 litros da Fiat Toro de capacidade na caçamba.

    Projeção da picape Ram 1200

    Toyota Hilux

    Prevista para estrear até 2024 no Brasil, a nova geração da Toyota Hilux se aproximará da Toyota Tacoma, picape que é vendida apenas na América do Norte. Ambas utilizarão a plataforma modular TNGA-F do novo Land Cruiser. Como a nova arquitetura é compatível com tecnologias de eletrificação e é mais leve, a nova Hilux ficará mais eficiente, e poderá ser a primeira picape média de volume a contar com motores híbridos no mercado brasileiro.

    Outra possibilidade é o lançamento da versão esportiva GR (Gazoo Racing), equipada com um novo motor V6 turbo diesel de 310 cv e 690 Nm, para concorrer com a Ford Ranger Raptor. Além disso, a nova Hilux deve contar com câmbio automático de 10 marchas e tração 4×4 com reduzida. Por fora, o design deve ter linhas inspiradas na nova picape grande Tundra, que foi lançada nos EUA em 2021.

    Projeção da futura Toyota Hilux

    Volkswagen Amarok

    A Volkswagen Amarok produzida na Argentina ganhará novidades em breve. A montadora alemã anunciou no início de maio um investimento de US$ 250 milhões para renovar a atual geração da picape Amarok. Graças a este novo investimento, a Volkswagen afirma que a picape terá alterações em design, segurança e tecnologia. A atual geração da Amarok, que é feita desde 2010 em General Pacheco.

    Com isso, são esperadas novidades estéticas por dentro e por fora, além de novos equipamentos de segurança e de conectividade para a picape. Não se trata, no entanto, da nova geração da Amarok, que vai compartilhar a plataforma e componentes com a nova Ford Ranger. Esta será produzida apenas na África do Sul, e não deve chegar oficialmente aos mercados da América Latina.

    Atual geração da Amarok ganhará novidades na Argentina